sábado, julho 13, 2024
No menu items!
Google search engine
HomeRENDA RECORRENTEProteger dados aumenta reputação de e-commerce e segurança dos usuários – Security...

Proteger dados aumenta reputação de e-commerce e segurança dos usuários – Security Brasil

Não é de hoje que comprar pela internet já caiu no gosto das pessoas. Porém, além da enxurrada de ofertas, ataques cibernéticos estão por perto, e as empresas precisam, literalmente, blindar-se para manter a reputação e segurança nas vendas. Segundo a consultoria ClearSale, com o surgimento de novas lojas virtuais, cresceu também a incidência de golpes aplicados por criminosos que se aproveitam da inexperiência dos consumidores para entrar em cena. Só no primeiro trimestre de 2022, foram 785 mil tentativas de fraude no varejo online, um aumento de 23,6% em relação ao mesmo período de 2021, aponta a pesquisa.

E não é para menos. O Brasil encabeça o triste ranking de país com maior vazamento de dados do mundo, com impressionantes 2,8 bilhões de dados sensíveis expostos. Para a consultoria alemã Roland Berger, o Brasil foi o 5º país que mais sofreu crimes cibernéticos no ano passado, com 9,1 milhões de ocorrências apenas no primeiro trimestre, mais que o ano inteiro de 2020. A cada segundo, 921 ataques de senha ocorrem em todo o mundo, um crescimento anual de 74%.

 

Medidas de segurança

 

Apesar do cenário com necessidade de maiores investimentos em segurança digital, as empresas só tomam atitude quando o problema já foi detectado, lamenta Gustavo Duani, Cyber Security Director da Claranet, multinacional de tecnologia. “Mesmo com o assunto em voga, as empresas não investem em departamentos de cibersegurança e, normalmente, só o fazem quando são alvos de ataques maliciosos. Por outro lado, a falta de incentivo sobre a cultura de segurança da informação nas empresas também corrobora para que a demanda seja maior frente à quantidade de profissionais capacitados”, afirma.

O que Duani aponta é visível em números: a expectativa é que até 2025 existam mais de 3,5 milhões de vagas de emprego em segurança digital. Segundo a (ISC) Cybersecurity Workforce Study 2022, a demanda por esses profissionais no Brasil aumentou em 26% no último ano, se tornando, assim, um importante mercado de trabalho que pode reservar oportunidades de empregos bem remunerados no país.  Outro aporta é a busca por soluções. Uma das apontadas por Duani está no VPN online, permitindo que funcionários remotos acessem aplicativos e dados internos através de uma única rede compartilhada, evitando que o tráfego na web exponha dados proprietários.

Do mesmo modo que as empresas necessitam de investir em proteção digital, os usuários também precisam estar atentos para não cair em golpes. Aplicação de autenticação de dois ou mais fatores, senhas fortes, e atenção com o phishing, ou seja, mensagens com links por SMS, aplicativos e e-mails, são algumas das dicas para evitar transtornos.

Foto: Reprodução



Source link

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments